TDAH na infância associado à obesidade adulta

Os meninos que são diagnosticados com déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) são duas vezes mais propensos de se tornarem obesos do que aqueles que não tiveram a doença quando eram crianças. Os pesquisadores observaram que homens que tiveram TDAH na infância tendem a ter um índice maior de massa corporal (IMC) e de obesidade, mesmo que eles não apresentassem mais sintomas da doença.

TDAH e obesidade

TDAH e obesidade

Outros fatores, como raça ou condição financeira não fizeram diferença. Isso realmente é o reflexo da hiperatividade na infância, não importa muito qual seja o diagnóstico atual. A falta de controle dos impulsos e habilidades de planejamento, muitas vezes associada com sintomas de TDAH, pode levar a maus hábitos alimentares e escolhas alimentares, bem como a tendência a comer demais.

A pesquisa em questão se encaixa com outros estudos, e sugere que a incapacidade de controlar impulsos de uma pessoa, a tendência de ser relativamente recompensada pode representar um risco de obesidade ao longo do tempo. Pesquisas futuras devem considerar se as mulheres com TDAH na infância também são mais propensas que os homens de se tornarem obesas, para que assim seja possível descobrir uma forma de controlar a hiperatividade.