Sintomas de alergia a esmalte

O esmalte já é parte integrante da produção feminina e a cada temporada aparecem novas tonalidades e efeitos, para todos os gostos, estilos e bolsos. Mas algumas delas não tem uma aceitação tão boa ao cosmético, desenvolvendo alergia a esmaltes. Nem toda mulher que tem alergia a esmaltes sabe que traz o problema e as vezes precisa sofrer literalmente na pele as consequências da rejeição até detectar o problema, até porque a alergia a esmaltes pode aparecer em qualquer fase da vida.

Alergia a esmaltes

Alergia a esmaltes

Há basicamente três substâncias na fórmula dos esmaltes tradicionais potencialmente causadoras de alergias, são elas o tolueno, o formaldeído e o dibutilftalato. Ela pode se manifestar de muitas maneiras, as principais delas são coceira, vermelhidão e inchaço nos olhos, rosto e pescoço. A região fica irritada e muito sensível. Para ter certeza de que se trata de alergia ao esmalte é preciso fazer um teste de contato.

Mesmo as alérgicas não precisam ficar longe dos esmaltes. Hoje em dia cada vez mais marcas estão oferecendo esmaltes hipoalergênicos, sem estas substâncias tóxicas, que evitam reações e deixam você linda sempre.