Síndromes genéticas

As síndromes são consideradas de maneira inadequada pela sociedade, como doenças. Elas na realidade são condições genéticas que são caracterizadas por diferentes grupos de patologias, em que o indivíduo fica exposto por conta de uma mesma enfermidade. As síndromes de causas genéticas são geradas, como pode-se prever, por fatores genéticos, tendo manifestações físicas e psicológicas, devido a malformações diversas, que variam de acordo com a natureza da síndrome.

Síndromes genéticas

Tratamentos para síndromes genéticas

Este tipo específico de síndrome não tem cura, uma vez que as anomalias são desenvolvidas junto com o portador, podendo ter causas realacionadas à alteração cromossômica ou mutação genética. Muitas síndromes genéticas são detectadas logo no nascimento ou nos primeiros meses de vida, enquanto outras começam a apresentar suas manifestações mais características na pré adolescência ou mesmo na adolescência, retardando o diagnóstico. A detecção precoce do problema é fundamental para que a medicação adequada possa ser usada, minimizando os danos físicos, incômodos e sociais, fazendo com que o indivíduo possa receber o acompanhamento necessário para que possa apresentar um desenvolvimento mais próximo aos padrões sociais, melhorando a sua qualidade de vida.

One thought on “Síndromes genéticas

  1. claudia cristina de faria

    Oi Dan, boa noite!!!
    Fiquei feliz pelo seu interesse em divulgar meu Blog, junto ao seu; será um prazer estar indicada no “Sintomas e Dicas”; vou vincular o seu Blog no meu também, assim somaremos esforços com o mesmo objetivo: Promover atraves dos artigos, informações sobre a importância da doação de orgãos; Obrigada e um grande abraço!!! Claudia

Comments are closed.