Refrigerante e doenças pulmonares

Refrigerante em excesso associado à doenças pulmonares

– O hábito de beber muito refrigerante pode aumentar o risco do desenvolvimento de asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Aproximadamente 19.000 pessoas com 16 anos ou mais (sudeste) foram questionados sobre o consumo de refrigerantes como Coca-Cola e sucos artificiais.

Refrigerantes

Refrigerantes

Mais de 12% dos participantes afirmaram que costumavam beber mais de meio litro de refrigerantes por dia, ou seja, cerca de 7 copos de refrigerante. Os pesquisadores descobriram que 15% dos participantes com asma e 17% das pessoas com DPOC, costumam beber mais de meio litro de refrigerantes por dia.

Pessoas que consumiram essa quantia apresentavam 1,2 vezes mais chances de ter asma e 1,7 vezes mais chances de desenvolver DPOC do que aqueles que não consomem refrigerantes. Isso enfatiza a importância de uma alimentação saudável para a prevenção de doenças crônicas como asma e DPOC. Todavia, as pesquisas mostram apenas uma associação e não aponta uma relação de causa e efeito.

Fumar aumenta o risco ainda mais, especialmente para a DPOC. As pessoas que fumavam e consumiam mais de meio litro de refrigerantes por dia, apresentavam um risco 6,6 vezes maior de DPOC do que aquelas que não fumam e não consumem refrigerantes de maneira exagerada.