Queda no uso de preservativo entre as mulheres

As mulheres se tornam menos propensas a insistirem no uso do preservativo após o ensino médio. O declínio no uso do preservativo foi mais notório entre as mulheres que bebiam excessivamente, que apresentaram baixo rendimento escolar e que vieram de origens pobres.

Uso de preservativo entre as mulheres

Uso de preservativo entre as mulheres

Sabe-se que o sexo desprotegido coloca as mulheres em maior risco de gravidez não planejada e doenças sexualmente transmissíveis. Uma pesquisa realizada em São Paulo (Fisp), mostrou um queda significativa no uso do preservativo a partir dos 18 anos, onde essa queda aumenta gradualmente ao longo dos anos.

Em um questionário, mulheres que tiveram múltiplos parceiros sexuais anteriores e mulheres que disseram que eram menos propensas a praticar sexo seguro quando consumiam bebidas álcoolicas eram menos propensas começarem a usar preservativos no início de suas vidas sexuais.

As mulheres que afirmavam terem tido envolvimento com a monogamia em série, resultando em múltiplos parceiros durante vários anos, geralmente não estão conscientes do risco de seus parceiros. Isso faz do uso contínuo do preservativo fundamental para a saúde das mulheres e obviamente a saúde dos homens.