Problemas cardíacos em mulheres

O sexo feminino tende a ter sintomas diferentes de ataque cardíaco em relação aos homens. As mulheres estão mais propensas a morrer no ano seguinte após ter tido o primeiro ataque cardíaco. Na verdade, mais de 40% das mulheres ainda não percebem que a doença cardíaca é o assassino número 1 do sexo feminino. Um novo relatório feito pela Universidade Alberta (Canadá), afirma que houve muito pouco progresso na luta contra as diferenças de sexo em relação a doença cardíaca.

Problemas de coração

Problemas de coração

“O coração da mulher é a sua grande ameaça à saúde, e todo mundo que cuida da saúde de uma mulher deve estar atento a isso”, afirma o cardiologista Dr. Nanette Wenger,

responsável por várias pesquisas relacionadas a saúde feminina. A doença cardíaca também é a principal causa de morte dos homens. De fato, a doença é mais prevalente em homens, e tende a aparecer cerca de uma década mais cedo em relação as mulheres. Todavia, enquanto as mortes globais vêm caindo nos últimos anos,  a melhora foi mais lenta para as mulheres, que enfrentam alguns problemas exclusivos.

Mesmo se um teste de grandes artérias do coração não encontra bloqueios,  as mulheres ainda podem ter um problema sério relacionado ao coração, chamado doença microvascular coronária, que é bem menos comum em homens. Pequenos vasos sanguíneos que alimentam o coração tornam-se danificados, dessa forma eles se fecham, provocando espasmos. As mulheres devem sempre estar atentas a sua pressão arterial, ter uma alimentação equilibrada e praticar excercícios.