Novo tratamento contra problemas cardíacos

Um novo sistema regional de melhores cuidados para pacientes com parada cardíaca no Japão, reduziu o risco de morte e o número de sobreviventes que sofreram danos cerebrais. Um avançado sistema de cuidados implementadas na região de Aizu em 2009 incluiu os serviços de emergência médica, direcionando os pacientes diretamente para hospitais especializados no atendimento avançado ou de um hospital periférico para um hospital de especialidades após a restauração de batimentos cardíacos de um paciente.

Problemas cardíacos

Problemas cardíacos

Os pesquisadores compararam os dados de pacientes que sofreram parada cardíaca antes e depois que o sistema foi estabelecido e descobriu que a sobrevivência aumentou de 2,3% para 4,2%. Um mês após a parada cardíaca, os resultados favoráveis neurológicos foram observados em 51% dos sobreviventes após a introdução do novo sistema, em comparação com 19%, antes do mesmo. Parada cardíaca súbita ocorre quando um ritmo cardíaco anormal faz o coração parar de bater.

Embora houvesse a preocupação de que a proporção de sobreviventes com incapacidade neurológica grave aumentaria, isso não ocorreu. O sistema de atendimento avançado no estudo inclui a hipotermia terapêutica (resfriamento do corpo), com fluidos adequados, medicamentos cardiovasculares, respiratórias e gestão de processos tais como a intervenção coronária percutânea para abrir artérias obstruídas. Essas descobertas sugerem que esta ligação’ está associada a um aumento na taxa de sobrevivência, bem como melhoria da qualidade de vida entre os sobreviventes.