Medicamentos anti-tabagismo são seguros?

As pessoas que tomam medicamentos anti-tabagismo não correm um risco maior de terem depressão ou de suicidarem-se do que aquelas que utilizam as terapias de reposição de nicotina para ajudá-los a parar de fumar. Pesquisadores dos Estados Unidos e outros países emitiram avisos de segurança em relação aos medicamentos Champix (vareniclina) e Zyban (bupropiona ) que trabalham na redução dos desejos de nicotina e nos sintomas de abstinência, pois o uso de tais medicamentos podem aumentar o risco de suicídio.

Medicamentos anti-tabagismo é seguro?

Medicamentos anti-tabagismo é seguro?

Tendo em conta as preocupações de segurança e avisos de acompanhamento destes medicamentos, estes resultados são tranquilizadoras para os usuários e médicos que utilizam medicamentos contra o cigarro. No estudo os pesquisadores analisaram dados de mais de 119 mil adultos que utilizaram diferentes tipos de produtos para ajudá-los a parar de fumar, entre setembro de 2006 e outubro de 2011.

Desses pacientes, cerca de 26% usaram Chantix , cerca de 6% usaram Zyban e mais de dois terços usaram terapias de reposição de nicotina, como adesivos e gomas. De fato, não havia nenhuma evidência clara de que as pessoas que tomaram Zyban ou Chantix eram mais propensas a sofrer de depressão ou comportamento suicida do que aqueles que usaram as terapias de reposição de nicotina.