Males do cigarro na gravidez

O cigarro é prejudicial à saúde em qualquer época, mas principalmente durante a gravidez. Além de fazer mal à gestante, pode prejudicar muito o bebê em sua formação e inclusive o colocar em risco mesmo após o nascimento. Por isso é bom ficar por dentro das consequências do tabagismo durante a gestação.

Cigarro na gravidez

Cigarro na gravidez

Para começar, as mulheres que fumam e pretendem engravidar devem saber que o cigarro prejudica o processo de engravidar. As fumantes terão mais dificuldade para engravidar.

As grávidas que fumam tem mais chance também de sofrer aborto espontâneo, mais um motivo para ficar de olho.

Pode ocorrer problemas na placenta, além do bebê correr o risco de não ganhar muito peso. O risco de parto prematuro é grande também.

Depois que nasce os bebês gerados com as mães fumando durante o processo de formação correm mais risco de síndrome de morte súbita.

A criança tem mais risco de nascer com problemas no coração, com lábio leporino ou ainda fenda palatina.

Motivos não faltam para largar o cigarro durante gravidez. A saúde da mãe e principalmente do bebê agradecem.