Gengivite está associada à doença de Alzheimer

Um novo estudo revela que a gengivite pode estar ligada à doença de Alzheimer. Este é sem dúvida mais um bom motivo para cuidar bem dos seus dentes. Os pesquisadores analisaram o cérebro de 10 pessoas com Alzheimer e 10 pessoas que não sofrem com a doença e descobriram bactérias relacionadas à gengivite nas amostras do cérebro de quatro dos 10 pacientes de Alzheimer.

Gengivite

Gengivite

Essas bactérias não foram encontradas nas amostras cerebrais de pessoas que não eram portadoras da doença de Alzheimer. O estudo é o primeiro a mostrar essa ligação, deixando claro que há uma associação entre bactérias orais e doença de Alzheimer, mas não mostra uma associação causal.

As bactérias podem entrar na corrente sanguínea durante a mastigação, escovação, fio dental e procedimentos odontológicos. As bactérias podem viajar no sangue para o cérebro e podem potencialmente levar a degeneração do tecido cerebral que é semelhante à doença de Alzheimer. Cerca de 65% dos brasileiros com idades entre 55 e 75 anos sofrem de gengivite, enquanto isso, aproximadamente 46% das pessoas na mesma faixa etária são portadoras da doença de Alzheimer.