Exercícios físicos contra o mal de Alzheimer

As pessoas que fazem exercícios físicos regularmente reduzem o avanço do Alzheimer e evitam acidentes domésticos. Diversas pesquisas sugerem que os exercícios, principalmente quando adaptado às necessidades de um indivíduo e realizados em casa, podem ajudar pacientes com Alzheimer manter sua independência e adiar a mudança para uma casa de repouso.

Alterações mentais são os primeiros sinais da doença de Alzheimer, e muitas vezes eles são os sintomas que recebem mais atenção. Mas os declínios físicos também são uma parte expressiva da doença, e com o tempo, os músculos se tornam rígidos, descoordenados e os tremores podem se fazer presentes. Os pacientes com Alzheimer podem perder a capacidade de escovar os dentes, subir escadas, vestirem-se, alimentarem-se, etc.

Essas pessoas estão em risco muito elevado de deficiência, o que contribui para que elas sejam encaminhadas para clínicas de repouso instituições, que por vezes não é o desejo dos pacientes nem de seus familiares. Por isso, é muito importante que essas pessoas se exercitem e continuem ativas, pois os exercícios físicos são capazes de beneficiar não só o corpo, mas também a mente.

One thought on “Exercícios físicos contra o mal de Alzheimer

  1. fatima

    Gosto muito das dicas que recebo. Obrigado

Comments are closed.