Estresse não interfere nos tratamentos de fertilidade

Estresse e tensão não diminuem o sucesso do tratamento de fertilidade de uma mulher de fertilidade, sugere um novo estudo. Pesquisadores britânicos analisaram dados de 14 estudos, que incluíram um total de 3.583 mulheres que se submeteram a tratamentos de fertilidade, e foi avaliado a ansiedade e o estresse antes de começarem a sua terapia.

Gravidez

Gravidez

A comparação de mulheres que ficaram grávidas e aquelas que não engravidaram, não encontrou nenhuma associação entre o estresse emocional e a probabilidade de engravidar. Estes resultados devem tranquilizar as mulheres que sofrem de estresse emocional causado por problemas de fertilidade ou outros eventos da vida, de fato, não irão interferir  no tratamento ou comprometer suas chances de engravidar.

Especialistas em saúde afirmam que cerca de 15% dos casais são inférteis. Muitas mulheres acreditam que o estresse emocional pode reduzir suas chances de engravidar naturalmente, ou ter sucesso com os tratamentos de fertilidade, mas os pesquisadores afirmam que é uma idéia equivocada, com base em evidências anedóticas e mitos. Porém, se é possível reduzir os níveis de estresse, tanto melhor, isso garante a saúde da mãe e do bebê.