Estatinas para o combate do câncer de próstata

Pacientes com câncer de próstata que fazem uso de estatinas (medicamentos utilizados para baixar o colesterol) parecem enfrentar um risco menor de morte pela doença. A diminuição do risco foi maior para aqueles que estavam tomando as estatinas antes do diagnóstico de câncer. Além disso, o estudo também revelou que o uso de estatinas foi associado com um menor risco para todas as causas de morte.

Estatinas combate câncer de próstata

Estatinas combate câncer de próstata

Os resultados do estudo sugerem que o uso de estatinas está associado a uma diminuição do risco de mortalidade por câncer de próstata, contudo, estudos adicionais são necessários para que o uso de tais medicamentos possam ser utilizados para o tratamento do câncer de próstata. Em termos de possíveis efeitos fisiológicos, vários estudos experimentais tem demonstrado que as estatinas possuem propriedades anti-tumorais em células de câncer de próstata, assim como agem contra a proliferação celular.

O uso de estatinas é considerado seguro, embora possam ocorrer alguns eventos adversos raros, como lesão muscular, o que é relevante em certos tratamentos de câncer de próstata, como a terapia de privação de androgênio, que também pode afetar a massa muscular.