Doença pulmonar obstrutiva crônica pode afetar a vida sexual

Falta de ar durante a atividade sexual é comum em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Esta falta de ar, também conhecido como dispneia, pode inibir vidas sexuais saudáveis ??e é mais comum entre os pacientes com DPOC do que em pacientes com insuficiência cardíaca. A DPOC é um termo usado para descrever certas doenças pulmonares, incluindo enfisema e bronquite crônica. Foram comparadas as medidas de bem-estar, depressão e função sexual entre pacientes idosos com DPOC grave ou insuficiência cardíaca, os quais estão associados a dispneia durante o esforço.

Vida sexual de idosos

Vida sexual de idosos

A dispneia no esforço também pode limitar as atividades diárias e comprometer o bem-estar de uma pessoa, causando também isolamento social e depressão. Na condução do estudo, os pesquisadores pediram a 39 pacientes com DPOC e 22 pacientes com insuficiência cardíaca relatarem o nível de seu bem-estar, sintomas de depressão e função sexual. A idade média dos pacientes com DPOC foi de 66 anos e a idade média dos pacientes com insuficiência cardíaca foi de 64. A falta de ar durante a atividade sexual foi relatada por 44% dos pacientes com DPOC.

Em contraste, apenas 5% dos pacientes com insuficiência cardíaca disseram que sofriam com esse problema. Sendo que, 56% dos pacientes com DPOC disseram que a falta de ar limita a sua atividade sexual, em comparação com apenas 27% dos pacientes com insuficiência cardíaca. Cerca de um terço da DPOC e doentes com insuficiência cardíaca relataram problemas com o bem-estar. Sinais de depressão foram relatados por 34% das pessoas com DPOC e 37% das pessoas com insuficiência cardíaca. Uma vida sexual inadequada foi relatada por 38% das pessoas com DPOC contra 32% das pessoas com insuficiência cardíaca.