Depressão no idoso – Sintomas e prevenção

Antigamente no Brasil havia mais pessoas jovens abaixo de 30 anos de idade, do que idosos acima de 65 anos. Hoje em dia são mais idosos que jovens, pois este número está aumentando cada vez mais. Isto está acontecendo em todo o Brasil e no mundo, onde há mais idosos acima de 60 anos do que jovens abaixo de 30 anos.

idoso depressivo

Depressão no idoso

Este número aumentou de 10 milhões em 1990, para 15 milhões até o ano 2000 e está previsto crescer, até o ano de 2025 para 34 milhões de pessoas idosas acima de 65 anos. Uma das principais doenças que acontece com o idoso é a depressão.

A depressão ataca cerca de 20% das pessoas idosas e geralmente 2% desses idosos tem depressão grave, aqueles que são internados em hospitais e asilos.

Sintomas da depressão:

Ter depressão não é nada bom, a pessoa quer ficar sempre sozinha sem ninguém por perto, às vezes chorando e se lamentando, sente desânimo, desinteresse pelas coisas, tristeza, apatia, perde o apetite, não faz atividade física nenhuma, sente dor de cabeça, nas costas, fadiga e perde a esperança de viver. Estes idosos que têm depressão pensam até em se matar, por não terem mais razão de viver.

Prevenção da depressão no idoso:

Para se prevenir a depressão em idosos é necessário que o idoso faça atividade física e vá até estas instituições para idosos, e conheça outras pessoas iguais a eles, e ali faça amizades.