Cuidados com dietas na adolescência

Dietas extremas e distúrbios alimentares que começam na adolescência, muitas vezes podem ter sérias consequências na idade adulta. Transtornos alimentares, hábitos pouco saudáveis ??e  comportamentos extremos para controlar o peso, tais como jejum, pular refeições e compulsão alimentar, são alguns deles. Os pesquisadores analisaram dados de 1.030 homens e 1.257 mulheres que foram acompanhados por 10 anos, começando no início da adolescência (cerca de 13 anos de idade) ou adolescência média (cerca de 16 anos).

Menina comendo cenoura

Cerca de metade das meninas adolescentes e cerca de um quarto dos meninos adolescentes relataram fazer dieta durante o ano anterior. Entre as mulheres nos dois grupos etários, a prevalência da dieta permaneceu constante desde a adolescência até a idade adulta jovem. Para os homens, fazer dieta manteve-se constante na faixa etária mais jovem, mas aumentou entre o grupo de idade mais avançada.

A prevalência do controle de peso e hábitos saudáveis manteve-se constante entre as meninas mais jovens durante o período do estudo. Diminuiu com as meninas mais velhas, mas manteve-se muito alto (61% para 54%). Para o sexo masculino, nos dois grupos etários a prevalência de controle de peso e bons hábitos mantiveram-se constantes. O controle de peso e hábitos saudáveis aumentaram significativamente nos dois grupos etários do sexo feminino, de 8 a 20% no grupo mais jovem das meninas e dos 13 % para 21% no grupo mais velho. O estudo foi publicado na edição de julho do Journal of the American Dietetic Association.

Os resultados do estudo defendem esforços iniciais e em curso com vista à prevenção, identificação precoce e tratamento de comportamentos alimentares desordenados em pessoas jovens. Nutricionistas e outros profissionais de saúde devem perguntar aos pacientes sobre o seu comportamento de dieta na infância até a adolescência.