Como combater a infertilidade

A infertilidade refere-se a uma incapacidade de engravidar depois de ter relações sexuais sem qualquer tipo de proteção (regularmente). A infertilidade também pode se referir à incapacidade biológica de um indivíduo para contribuir para a concepção. Em muitos países, a infertilidade refere-se a um casal que não conseguiu conceber após 12 meses de relações sexuais regulares, sem a utilização de contracepção.

Infertilidade

Infertilidade

Estudos indicam que pouco mais da metade de todos os casos de infertilidade são resultados de condições femininas, enquanto o resto são causados ??tanto por distúrbios e alterações de esperma ou fatores não identificados. Algumas dos fatores associados à infertilidade são o tabagismo, idade, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, obesidade, transtornos alimentares, dentre outros.

A alimentação também é fundamental, por isso, se você é um vegano é preciso certificar-se do seu consumo de alimentos ricos em ferro, ácido fólico, zinco e vitamina B-12, caso contrário, a sua fertilidade pode ser afetada. O excesso de exercícios físicos também oferecem risco, pois as mulheres que se exercitam sete horas ou mais (semanais) podem ter problemas de ovulação. Por outro lado, o sedentarismo está diretamente ligado a baixa fertilidade em homens e mulheres.

Infecções sexualmente transmissíveis podem danificar as trompas de falópio e provocar inflamação no escroto. Algumas outras doenças sexualmente transmissíveis também podem causar infertilidade. A exposição a alguns produtos químicos (pesticidas, herbicidas, metais ( chumbo e solventes) também tem sido associados a problemas de fertilidade em homens e mulheres.

O tratamento depende de muitos fatores, incluindo a idade do paciente, o tempo de infertilidade, preferências pessoais e estado geral de saúde. Mesmo que a mulher apresente condições que não podem ser corrigidas, ela ainda pode engravidar. O casal pode ser aconselhado a ter relações sexuais com mais frequência, já que o sexo duas a três vezes por semana pode melhorar a fertilidade, se a frequência era inferior a este número. Alguns especialistas em fertilidade alertam que o sexo muito frequente pode diminuir a qualidade e a concentração de espermatozoides.

A disfunção erétil ou ejaculação precoce pode ser combatida com medicações e abordagens comportamentais, resultando, possivelmente, na melhora da fertilidade. Se a mulher sofre de distúrbio de ovulação provavelmente a prescrição de medicamentos para a fertilidade que regulam ou induzem a ovulação.