Associação entre parkinson, câncer de próstata e histórico familiar

As pessoas com doença de Parkinson e seus familiares podem ter um risco maior de câncer de próstata e melanoma, e as pessoas com esses tipos de câncer também podem estar em maior risco para o Parkinson, sugere um novo estudo. Os pesquisadores da Universidade de Utah estimaram os riscos de câncer entre cerca de 3.000 pessoas, que morreram de doença de Parkinson, entre 1904 e 2008, e em seus familiares. Eles também analisaram os dados do Registro de Câncer de Utah em mais de 100.000 pessoas diagnosticadas com câncer.

Os pesquisadores descobriram que os homens com a doença de Parkinson e seus familiares do sexo masculino, tiveram um risco significativamente maior de câncer de próstata. Eles também descobriram que os pacientes com câncer de próstata e seus familiares do sexo masculino tiveram um risco significativamente maior de Parkinson. A doença de Parkinson é uma condição neurológica que pode incluir tremores, rigidez, fala arrastada e dificuldade para caminhar.

O estudo também descobriu que os doentes de Parkinson e seus familiares tiveram um risco significativamente maior de melanoma, e que pacientes com melanoma e seus familiares tiveram um risco significativamente maior de desenvolver doença de Parkinson. Identificar e compreender essa relação pode ajudar os médicos a avaliarem melhor o risco de câncer em pacientes com doença de Parkinson, sendo útil no aconselhamento de seus parentes, e estratégias de cuidados para a pele e rastreamento do câncer de próstata.