Antipsicóticos associados à risco de morte em pacientes com demência

Em comparação com outras drogas antipsicóticas, haloperidol (Haldol) aumenta o risco de morte em pacientes idosos com demência, segundo um novo estudo feito nos EUA. Essa descoberta deve ajudar nos cuidados da demência. Estes dados fornecem a tão necessária orientação e segurança para o número cada vez maior de profissionais de saúde que tratam pacientes com demência.

Antipsicóticos em pacientes com demência

Antipsicóticos em pacientes com demência

As drogas antipsicóticas certas estão associadas a um risco maior de morte em pacientes idosos com demência. Este aviso foi expandido para incluir antipsicóticos convencionais em 2008, segundo um comunicado de imprensa. Apesar da ação da FDA, a utilização de drogas anti-psicóticas para esta população provavelmente irá crescer.

As preocupações de segurança sobre o uso de antipsicóticos tem deixado os médicos mais cuidadosos com os comportamentos incontroláveis ??apresentados pelos pacientes. A discussão com os membros da família sobre os riscos e benefícios dos antipsicóticos atípicos cria um estresse adicional e sobrecarga em uma situação já difícil.

Nem todos os medicamentos antipsicóticos apresentam o mesmo risco de morte em pacientes com demência, sendo assim, os médicos podem ??querer considerar esta evidência ao avaliar a melhor abordagem para o tratamento de problemas comportamentais.