Abortos caseiros

A cada dia que passa o uso de pílulas abortivas aumenta consideravelmente. Somente no ano passado, cerca de 32 mil abortos aconteceram (nas primeiras nove semanas) nos EUA. Esse tema ainda é um assunto extremamente delicado, pois se de um lado não é fácil aceitar que uma vida seja interrompida, é mais difícil ainda assistir constantemente na tv mães abandonarem recém nascidos em lixeiras.

Aborto

BPAS (British Pregnancy Advisory Service), autoriza o uso desse medicamento na fase inicial da gravidez, pois dessa forma as mulheres podem concluir esse processo em casa. Dessa forma a mulher vai até a clínica tomar a primeira dose do medicamento e depois, já estando em casa, toma a segunda. Depois de algumas horas ocorre o parto prematuro. A intenção é poupar as mulheres dos ambientes frios dos hospitais, evitando traumas.

Aborto é proibido

Vale lembrar que o aborto no Brasil é crime, portanto não é uma opção. Obviamente, existem casos que o aborto pode ser cogitado, como por exemplo estupros, todavia, nenhuma decisão deve ser tomada por conta própria, é indicado procurar autoridades relacionadas, afim de encontrar a melhor alternativa a ser tomada.